01 julho 2010

RÁDIO



De repente, carnaval....

Olha eu tô sentindo tanta falta de você
Quem me olha não consegue perceber
O meu segredo
Amigos se divertem numa festa sem parar
Eu aqui e o pensamento em outro lugar
Chorando por dentro
Eu não quero acreditar que foi ilusão
Que você brincou com o meu coração
Eu não quero nem pensar em te perder
Eu amo você!

Vem me buscar
Vem me tirar desse abandono
Vamos voltar a viver

Vem me buscar
Vem me tirar desse abandono
Vamos voltar a viver... outra vez.


Acordei. Era só um sonho, era só um carnaval... em outro bloco. Não era Ivete e sim Tomate, muita gente em Ondina. Não para os meus olhos!

Nenhum comentário: