26 junho 2010

WM



WM é um amigo meu. William Monteiro para ser mais exato. Uma daquelas pessoas que não precisei trazer da minha infância pra lhe reservar respeito, admiração, amizade e uma saudade que em certas horas chega até mesmo a doer. WM pegou sua mala, um pedaço de papel, traçou planos, coloriu sonhos e foi morar longe. Levou para São Paulo um pouquinho de Bahia, um pouquinho de alegria, um pouquinho de humor, um pouquinho de dendê... pra temperar a terra da garoa com tudo aquilo que ele tem de melhor. WM ja me fez sorrir muito, já me fez chorar, já me deu bronca, já abriu meus olhos.. tudo aquilo que um amigo é capaz de fazer. WM tem a cara da Bahia, gosta de tudo que a terra traduz, é do axé, do samba de roda. WM é um olhar meio envergonhado e às vezes um sem-vergonha. WM é um coração do bem, protagonista de grandes gestos. Às vezes incompreendido, às vezes traduzido - por alguns poucos e íntimos cientistas de sua confiança - como uma cadeia de DNA. WM é um show, um ensaio em Dadá, um carnaval pipoca, uma carona numa tarde de domingo da Barra a Ondina, uma voltinha no shopping, uma rave, uma latinha de skol, uma canção de Ivete, um acarajé em Dinha.


WM, pra resumir, é um amigo que tenho e que mesmo longe está sempre por perto... por ter me dado confiança e por confiar-te minha vida, sem vírgulas, sem parenteses...


A você, meu amigo WM, a saudade que você soube conquistar.

Um comentário:

will i am disse...

Muito obrigado pelo carinho, saiba q me sinto muito orgulhoso por fazer parte do seu seleto e especial grupo de amigos! Te amo!